Empreendedorismo não é (só) improviso. Conheça cursos voltados para negócios

Data: 30/08/2016
Fonte: O Globo /Online


Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.
 

Um improviso pode até cair bem num momento de inspiração e necessidade de sair de uma crise. Mas, para se dar bem no empreendedorismo, em geral, é preciso bem mais do que isso: a começar por planejamento e preparo. No país em que mais da metade das empresas fundadas fechou as portas após quatro anos de atividade, de acordo com uma pesquisa do IBGE de 2013, o desafio de mudar o cenário de alta mortalidade realmente é grande. Mas há aliados: diversos cursos, entre oficinas e pós-graduações, preparam os dispostos para abrir um negócio, lidar com adversidades e expandir.

— Na verdade, não existe uma fórmula exata. Mas é importante conhecer o negócio como um todo e os mecanismos de uma empresa, desde fornecedores até a parte de gestão de pessoas — orienta Davi Abrantes, coordenador do escritório do Sebrae no Centro e na Zona Sul.

Paula Peixoto, de 36 anos, se inscreveu no Empretec do Sebrae após crescer seu negócio, o Boutique da Beleza, e incluir atendimentos médicos — dermatológico e pré-cirúrgico para operação estética —, psicológico e um centro de formação técnica de profissionais de beleza sob o novo nome, Rio 43 - Instituto de Beleza e Bem-estar. E. em dois meses, atingiu mais metas do que imaginava.

— Isso me fez focar mais, ter planejamento e escolher o caminho que queria seguir. Meu faturamento cresceu em 30% — conta ela, animada com os resultados obtidos.

Associação de Francising também prepara

Embora as taxa de sobrevivência no franchising sejam bem melhores em todo o país (apenas 3,7% das unidades de franquias fecharam, no país, no ano passado), isso não é tudo, aponta o diretor de Capacitação da Associação Brasileira de Francising Rio (ABF Rio), Paulo Mendonça.

— O bom da franquia é ser um sistema já testado, em que o franqueador vai ajudá-lo, dar muitas informações. Isso não tudo. Quando você toma uma decisão como essa, a de abrir um negócio, capacitação é fundamental — afirma Paulo, avaliando uma das fases para a qual é mais importante estar preparado: — É preciso fazer a análise de franqueabilidade, entender as despesas, e estudar quanto comprar e vender.

Essa é uma das razões que levaram a publicitária Raquel Crispel, de 59 anos, buscar a orientação em turma.

— Entendo de publicidade. Não de franquia. E uma coisa é vasculhar sozinha. Outra é com orientação, mas sem depender totalmente de um consultor. Vou abrir no ano que vem e já escolhi segmento de alimentação e franquia — diz ela, mantendo o nome em segredo.

A ABF tem o “Entendendo o Franchising”, programa voltado para franqueados, e o “Programa de Capacitação em Franchising”, que aborda temas mais interessantes para quem quer formatar seu negócio para o sistema de franquias. Na prática, porém, todos podem participar dos dois.

Confira depoimentos dados ao EXTRA

Paula Peixoto, de 36 anos, dona do Rio 43- Instituto de Beleza e Bem-estar

“Fiz um quadro com metas do Rio 43 até o fim do ano. E já cumpri a maioria: fiz a lista dos médicos para iniciar atendimentos, capacitei meus funcionários para produzir mais, passei a fazer reuniões e criei pacotes para fidelizar clientes.”

Thiago Almeida, coordenador de MBA de Gestão da Celso Lisboa

“Os cursos são úteis até para quem já teve experiência em gerenciar alguma grande empresa. O universo — contábil, jurídico — dos micro e pequenos negócios é diferente. A capacitação permite fazer maravilhas com menos recursos.”

Davi Abrantes, coordenador do Sebrae/RJ no Centro e na Zona Sul

“Empreender é um conjunto de dez características trabalhadas: correr risco calculado, comprometimento, persistência, busca de oportunidade e iniciativa, busca de informação, planejamento e monitoramento, ter metas, independência e autoconfiança, persuasão e rede de contatos.”

Conheça as oportunidades para aprender

Sebrae - O Sebrae tem quatro programas de qualificação em empreendedorismo. As Oficinas SEI tratam de temas básico para gestão e fortalecimento dos negócios dos novos empreendedores. O Sebraetec é voltado para a solução de inovação que facilita o acesso das pequenas empresas a serviços tecnológicos. O Sebrae Mais fornece soluções direcionadas para as MPEs que buscam práticas mais avançadas de gestão. E o Empretec é um seminário desenvolvido pela ONU, que testa e potencializa o comportamento empreendedor. Os interessados podem ligar para o telefone 0800-570-0800 ou acessar o site www.sebraerj.com.br.

ABF-Rio - A Associação Brasileira de Franchising Rio (ABF Rio) está com inscrições abertas para capacitação. O curso é dividido em 11 módulos, que podem ser feitos por completo ou avulsos. Os preços são de R$ 2.450 para associados, R$ 3.350 para não associados, e R$ 2.720 para estudantes. O treinamento começará no dia 15 de setembro, e os interessados poderão se informar e reservar um lugar pelo e-mail cursos@abfrj.com.br ou pelo telefone (21) 2504-7573.

Yunus Negócios Sociais - O site tem dois cursos sobre negócios sociais. O “Curso internacional de introdução a negócios sociais” custa R$ 390. Já a capacitação “Como criar e desenvolver negócios sociais”, de nível intermediário, sai por R$ 720. A cada curso comprado, o instituto libera uma vaga gratuita para quem não tem condições de pagar. Site: www.yunusnegociossociais.com.

Cers Corporativo - Os cursos “Desenvolvimento de lideranças” e “Prevenção e gestão de crise” acontecem online e saem por R$ 349 e R$ 459, respectivamente. As inscrições são feitas pelo site hml.cerscorporativo.com.br.

Mackenzie - A faculdade tem um curso de extensão em Segurança do Trabalho, que pode ser pago em três parcelas de R$ 220. O início é programado para o dia 2. O “MBA em gestão de pessoas”, em 18 parcelas de R$ 380, deve começar no dia 3.

FGV - A Fundação Getulio Vargas (FGV) oferece os cursos “Empreendimentos culturais: modelos de negócio e patrocínios” (R$4.188) e “Gestão de franquias” (R$ 8.356). O início das aulas está previsto para outubro, e os valores podem ser parcelados. Pelo “MBA executivo em Administração: empreendedorismo e desenvolvimento de negócios”, a instituição cobra 25 parcelas de R$ 1.268. As aulas começarão no dia 14 deste mês.

Empresa10X - O workshop 100% online e gratuito é promovido pelo empresário David Pinto. Disponível de 13 a 27 de setembro, o curso ensinará como transformar uma empresa numa rede de franquias. Acesse o site http://lp.davidpinto.com.br.

Celso Lisboa - O Centro Universitário está lançando um “MBA de gestão empreendedora para micro e pequenas empresas”. Mais informações são obtidas em http://portaldoaluno.celsolisboa.edu.br.

Uniabeu - A Uniabeu oferece um curso gratuito de Empreendedor Social, no campus Belford Roxo, a partir do dia 19. Além disso, a universidade tem uma Escola de Gestão com cinco cursos: Gestão de Pessoas, Gestão Empresarial, Gestão de Projetos, Finanças Corporativas, e Qualidade e Gestão de Processos. Os custos são de R$ 370, cada um, na unidade de Nova Iguaçu, e R$ 418, para a Barra da Tijuca. Para mais informações, acesse www.uniabeu.edu.br.

SBCoaching - A Sociedade Brasileira de Coaching tem um curso de “Personagem & professional coaching”, que ensina técnicas de elevação de performance e também ajuda no empreendedorismo. O investimento é de R$ 7.440. Site: www.sbcoaching.com.br.

ESPM no Cinema - A ESPM vai realizar uma palestra com o tema “Comunicação que vende”, no cinema do shopping Rio Design Barra. A inscrição para participação custa R$ 60. Para saber mais informações, o interessado deve acessar o endereço virtual www.espm.brespmnocinema.

 

Leia também

» Franquia de alimentação Akasa do Açaí custa menos de R$ 100... » Franquia Paper Pão custa menos de R$ 5 mil » Estreante na feira da ABF, empresa se destaca com “simulador 9D”
Informações & Vendas:
+55 21 2441-9364
expofranchising@expofranchising.com.br
COMPRE SEU INGRESSO
COMO CHEGAR
VIAGEM + HOSPEDAGEM
Endereço:
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
Horário do Evento:
13h às 21h.